Segunda-feira, 2 de Fevereiro de 2009

Olhares

 

Pela minha mente deambulam pensamentos, desejos e emoções que não consigo controlar...

Pelo meu corpo prepassam arrepios, que me fazem tremer as pernas e sentir o meu coração bater descapassadamente...no fundo desejo-te, mas não te possuo...não posso possuir-te...

Os teus olhos tocam nos meus a cada encontro fortuíto, os teus lábios fazem-me desejar-te, o teu riso provoca-me e as tuas mãos, quando ao de leve me tocam, por causa de brincadeiras tão nossas, provocam em mim um desejo tão difícil de controlar...Mas porquê??Porquê eu?

Brincas comigo como não brincas com mais ninguém, provocas-me a cada palavra trocada, a cada ideia irreflectida, a cada olhar e a cada riso dado...tentas ir cada vez mais além, tentas aproximar-te, mas no fundo estás sempre tão longe...

Esse teu ar de menino-homem puxa por mim e faz-me perder minutos infindáveis em busca de ti, do teu carro num parque de estacionamento tão vazio e frio. 

Porque me fazes isto?...Pergunto-te um dia, de coração acelerado por te sentir tão próximo de mim, por poder sentir esse teu perfume, que me invade os sentidos e me deixa completamente perdida em emoções e desejos.

Parece loucura o que entre nós se passa...é loucura definitivamente.

Não me respondes...ignoras os meus medos, os meus ses, as minhas pernas a tremer, a minha respiração acelerada...avanças perante mim, perante os meus lábios e decides toma-los num beijo longo e doce mas tão inesperado.

Tocas-me de forma delicada, mas decidida...puxas-me para ti e encostada agora a uma fria parede de uma qualquer casa de banho deste edifício, sussuras-me ao ouvido o quanto me desejas...o quanto me queres.

Desejas esquecer o mundo, o que está lá fora, as pessoas, os olhares indiscretos e até mesmo as normas impostas por uma sociedade egoísta e tão pouco humana.

Queres ali ser...somente tu e eu, encostados, abraçados, sentindo o calor dos nossos corpos subir e a imaginação deixar de ser isso mesmo...somente pura e triste imaginação, para passar a ser uma realidade exótica e tão ansiada.

As tuas mãos percorrem as minhas pernas e acariciam o meu rabo. Os teus lábios beijam o meu pescoço e acabam mergulhados nos meus seios quentes e de pele aveludada.

Desaperto a tua camisa pouco a pouco, e o cheiro do teu perfume e do teu corpo fazem-me fechar os olhos e desejar não acordar...não naquele momento...

Desejo ardentemente ter-te até ao fim daquela cena, quero sentir-te dentro de mim, quero ser beijada por ti e beijar-te, quero tocar-te e ser tocada, quero rir-me e suspirar de prazer, de cada vez que a tua língua revela o quanto sou "fraca" porque tu me beijas e me provocas sempre que chegas perto da minha orelha...

O medo resiste...a atracção não tem fim...o desejo e a loucura tomam conta de nós e num momento singular de pura e simples paixão, acabamos por nos entregar aos corpos um do outro e mergulhar numa irracionalidade de sentimentos e prazeres.

 

 

 

Tudo desvanece, perde forma e acalma após singulares momentos, quando acordo contigo a chamar por mim...a lançar-me aquele olhar...a brincar mais uma vez comigo.

Eu sentada na minha secretária, tu de pé, em frente a mim.

Coro...imagino-te despido...imagino-nos aos dois e a toda aquela cena, que afinal não passou de um sonho.

Coro por pensar que me leste os pensamentos, que viste nos meus olhos o desejo, a paixão, a loucura que ainda floresce em mim...coro por pensar em ti...fico triste por nada ter sido verdade...

Por tudo ter sido apenas, um sonho...

 

publicado por fofinhatuga às 17:16
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De sensei a 2 de Fevereiro de 2009 às 18:44
Tive o prazer de ler este texto, porque ler algo escrito com esta alma é magnifico. Adorei, e tu sabes que o adorei de verdade. Como te disse, gostava que nao fosse ficção e se refereisse a determinada pessoa, ao sentir dessa pessoa perante outra, mas tiveste o cuidado de me afastar essa ideia.
Está magnifico, nao sei como te dizer, tu tens muito jeito para escrever.
Parabens
De fofinhatuga a 3 de Fevereiro de 2009 às 12:03
Obrigada Sensei...deixaste-me corada com esse elogio
Jinhos grandes
De Ami a 2 de Fevereiro de 2009 às 21:57
As vezes qu temos sonhos deste género... Como desejava que todos os nossos sonhos fossem assim.. tão reais..
Desde já te deixo os meus parabéns.. está delicioso o teu texto..
Um beiinho
De fofinhatuga a 3 de Fevereiro de 2009 às 12:08
É verdade que, tantas vezes, os simples piscar de olhos, a ausência da realidade, ainda que por breves segundos, nos fazem sonhar coisas maravilhosas...únicas...
Muito obrigada Ami:-)
Beijinho grande

Comentar post

pesquisar

 

Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Novidades

...

Deixem-me em paz...

Pensamento in "Óscar e a ...

Relacionamento...definiçã...

Seduz-me

Amor

Irrealidades

Tempo

Laços

Escondo-me

Lembranças

Junho 2013

Março 2011

Janeiro 2011

Junho 2010

Maio 2010

Março 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Agosto 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

tags

todas as tags

links

blogs SAPO

subscrever feeds