Sexta-feira, 20 de Junho de 2008

Happy Birthday

 

    Era uma bela prenda...não acham...??

Eu bem que queria....e tentei muito, muito, muito para que neste dia pudesse cometer uma grande loucura...mas acabou por não acontecer...lol

 

 

 

 

   Agora é tempo de não pensar numa prenda destas (apesar de não me sair da cabeça...lol)... e pôr mãos à obra para que os 27 sejam uma loucura e muito bem dispostos....

 

      E....

 

"Que eu não perca nunca a vontade de amar, mesmo sabendo que a pessoa que amo pode não sentir o mesmo sentimento por mim"...

 

"Que eu não perca a garra ,mesmo sabendo que a derrota e a perda são dois adversários muito perigosos"...

 

"Que eu não perca a beleza e a alegria de ver, mesmo sabendo que muitas lágrimas cairão dos meus olhos e inundarão a minha alma"...

 

"Que eu não perca a luz e o brilho no olhar, mesmo sabendo que muitas coisas que que verei no mundo escurecerão os meus olhos"...

 

"Que eu não perca a razão, mesmo sabendo que as tentações da vida são inúmeras e deliciosas"....(vou tentar...heheheheh)

 

Porque...

 

"A vida é construída nos sonhos e concretizada no amor."

 

 

 

 

 

 

Music: "Can't fight the moonlight" - Lee Ann Rimes
publicado por fofinhatuga às 14:15
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 3 de Junho de 2008

A cereja...

 

 

 

Olhaste-me nos olhos, fizeste-me parar no tempo e quebrar todas as regras impostas por mim...pediste-me para que fosse tua somente hoje...somente uma vez...só uma noite.

O desejo que nos tornava loucos, a vontade de ultrapassar limites nunca outrora ultrapassados...a ansiedade de descobrir corpos nus sedentos de prazer...o toque, o cheiro, um corpo que se moldava à passagem de uma língua brincalhona...a quimica.

Nada parecia importar, o amanhã não era um problema...ambos controlavamos o tempo, ambos sabiamos que era somente uma noite de sexo e nada mais.

Quisemos um sitio calmo, onde não pudessemos ser encontrados por ninguém...queriamos manter este "segredo" só nosso.

Este jogo de "esconde-esconde" divertia-nos e fazia-nos cometer as maiores loucuras e inventar enormes desculpas. Este era o nosso jogo...o nosso segredo.

Não pensavamos com frieza, com a racionalidade que nos era exigida devido à situação em que nos encontravamos...pensavamos com o coração que palpitava a cada gesto, a cada beijo, a cada sussurro e mordiscar da orelha...pensavamos que era paixão.

Pelo caminho que nos levava à cozinha, fomo-nos despojando da pouca roupa que ambos traziamos...a tua camisa azul, os teus jeans...o meu vestido.

Estavamos agora frente a frente...já nada nos podia fazer recuar...

 

A pouca luz que existia, era-nos dada pelo candeeiro do hall de entrada que tinha ficado ligado aquando da nossa chegada.

Tudo naquele espaço, naquela casa se revelava difuso e cheio de sombras misteriosas. 

Os nossos corpos, outrora tão definidos, encontravam-se agora contornados por uma escuridão ocasional e um brilho especial...o brilho dos nossos olhos.

Tocamo-nos ao de leve como se nos quisessemos certificar que ambos estavamos ali, que ambos estavamos a sentir o mesmo. O nosso coração batia rápido e a nossa respiração assemelhava-se à respiração de alguém que tinha acabado de correr os 800 m.

Era hoje...era verdade e nenhum de nós tinha planeado nada.

Deitaste-me em cima da mesa da cozinha e devoraste-me como nunca o tinha sido por ninguém.

A tua lingua percorria os meus seios, as minhas coxas...o meu sexo...Os teus dedos entravam em mim...faziam-me gemer e contorcer-me de prazer em cima daquela mesa fria.

As tuas mãos percorriam o meu corpo, agarravam as minhas ancas, puxando cada vez mais para ti.

Os meus gemidos, a minha excitação confundia-se com o teu desejo, com a tua respiração...

Puxei-te para mim... Fiz com que os teus lábios tocassem nos meus e com que as nossas línguas se enrolassem num beijo quente e repleto de desejo.

Os nossos corpos suados uniam-se numa dança exótica e sensual...que só nós entendiamos.

Mas eu também te queria sentir, saborear...também eu te queria deixar doido de desejo como tu me estavas a deixar a mim.

Quis tomar-te em meus braços...fazer-te deitar naquela mesa, outrora fria e agora tão quente do meu corpo, mas tu quiseste ser mau para mim e por mais uma vez, fizeste-me soltar gemidos de prazer quando me acariciaste o clitoris e o beijaste de forma demorada.

Dizia-te sem parar que o meu corpo não aguentava muito mais...estava a arder de loucura e de desejo...eu queria que aquele orgasmo chegasse e tu não deixavas.

Beijei-te novamente...saboreei-te finalmente.

O teu corpo estava molhado...o teu pénis hirto e desejoso que a minha lingua e a minha boca nele tocassem.

Olhei nos teus olhos...vi o quanto desejavas que te beijasse e saborasse...que beijasse o teu sexo por uma única vez na nossa vida.

Entraste em mim...na minha boca e simmmmm....adorei ouvir-te...adorei sentir-te meu naquele preciso segundo. Ali, naquele momento...tu estavas à minha mercê.

Depois...depois o nosso orgasmo não tardaria a vir.

Perdemo-nos em beijos, caricias, toques e gemidos...perdemo-nos no corpo um do outro numa tarde que ficou para sempre nas nossas memórias.

Depois...bem... depois, voltamos à nossa realidade e aos corpos que nos esperavam e que nada sabiam da nossa loucura e do nosso desejo.

 

 

 

I'm feeling: cm imaginação fértil
Music: "Bleeding love" - Leona Lewis
publicado por fofinhatuga às 21:21
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

pesquisar

 

Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Novidades

...

Deixem-me em paz...

Pensamento in "Óscar e a ...

Relacionamento...definiçã...

Seduz-me

Amor

Irrealidades

Tempo

Laços

Escondo-me

Lembranças

Junho 2013

Março 2011

Janeiro 2011

Junho 2010

Maio 2010

Março 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Agosto 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

tags

todas as tags

links

blogs SAPO

subscrever feeds