Domingo, 18 de Maio de 2008

Poema

Tentei evitar...tentei por tudo crer que tudo isto não passaria de uma grande e complicada questão temporal, onde opções, nostalgias, dúvidas e perguntas me deixavam à deriva...mas não.

Tentei perceber o rumo da vida, tentei perceber o que no fundo não estava explicado...e resultado: fiquei sem perceber uma vez mais.

Tentei dar "descontos", tentei ir atras tantas vezes, fazer tentativas infundadas de perceber o porquê de não vires, o porquê de não tentares...mas a única coisa que percebi, era que, por mais que tentassse, por mais que o meu coração te tivesse escolhido, tu não me tinhas escolhido - eu não era "A escolha".

De facto, era mesmo verdade toda esta separação espácio-temporal....de facto, tu não sabias o que fazer e eu não sabia onde encontrar mais soluções e forças para te ajudar, para te mostrar o caminho, para te trazer até mim...

Depois de tantas lágrimas cairem por tristezas e atitudes não percebidas, depois de me olhar ao espelho e ver estes bonitos olhos verdes perdidos na imensidão do sonho...depois...

Depois...depois....meses depois vi....que para o amor ou para a paixão por mim sentida não há solução....amizade será talvez o futuro...??

 

 

 

 
Despedida
 
Disseste que nunca me amaste
Pois não foi o que senti
Disseste que não me queiras fazer feliz
Pois na infelicidade eu não vivi
 
Disseste que era uma boa amiga
Muito mais eras para mim.
Disseste que te fazia sentir bem
Ainda bem que foi assim
 
Um ano e meio durou
Esta história que vivi
Abruptamente terminou
Abruptamente te perdi
 
Se calhar nunca te tive
Como me tiveste a mim
A ti sempre me dei
Do principio até ao fim
 
Conheci-te no trabalho
Logo vi que eras especial
A tua luz me encandeava
A tua luz era a minha essência vital
 
Foi nas escadas
Que tudo aconteceu
Foi onde, eu, Julieta
Beijei o meu Romeu
 
Mais de um ano depois
Voltas-me a abandonar
Eu sei que muito me dói
Mas não tem volta a dar
 
Os momentos de paixão
O sexo ou amor intenso
Nunca mais vão regressar
E fico triste quando assim penso
 
Mas mesmo na tristeza
Eu ainda estou feliz
Porque tenho a certeza
Que pela relação tudo fiz
 
Vais seguir o teu caminho
Eu seguirei o meu
Por ti terei sempre muito carinho
Pois o amor por ti ainda não morreu
 
Hoje levanto a cabeça
Respiro fundo e olho em frente
Hoje acabou o nosso tempo
Hoje acabou o meu ar deprimente
 
Aqui me despeço
Até outra altura
Nem que seja na boda
Quer seja a minha ou a tua
 
Adeus meu ex-amor
Que com “ferros” me mataste
Guardo no coração com fervor
O momento em que a ele chegaste


http://senseihot.blogs.sapo.pt/12601.html

 

 

Sempre amei este poema, é lindissimo...

 

 

I'm feeling:
publicado por fofinhatuga às 17:05
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quarta-feira, 14 de Maio de 2008

Loucuras

 

 

"Loucuras em Las Vegas"  ...

 

Adorei o filme, sem duvida, mas o que mais mexeu comigo foi o facto de me ter chamado à atenção para um pequenino mas grande detalhe na vida a dois, tão complicada nos dias que hoje correm e tão diferente da que os nossos pais viveram quando tinham a nossa idade.

 

Não é que eu não conheça esse detalhe.... não é que ele me tenha escapado durante todos estes anos...não é que seja um grande segredo há muito escondido numa arca perdida e só agora encontrado após anos de pesquisa incessante... mas muitas vezes esquecemo-nos dele quando na luta diária pela procura de um amor impossivel, nos tornamos alguém diferente do que na realidade somos.

 

Este é o segredo, esta é a ideia que me fez pensar e questionar ...este é lema.

 

"Quando tentamos agradar alguém, ser tudo aquilo que ela gostaria de ver numa pessoa, acabamos nós próprios por nos descaracterizar... e rapidamente começamos a sentir cá dentro que nunca somos suficientemente bons para essa pessoa...que nunca estamos à sua altura e que por mais que façamos, nada é suficientemente bom para ela.

Duvidamos das nossas capacidades, esquecemos muitas vezes quem somos e o que ambicionamos e para quê????

 

De nada vale tentar ser outra pessoa, de nada vale tentar agradar a alguém que não nos considera a companhia mais agradável...a melhor companhia...

Temos de ser nós próprios, com defeitos e virtudes, com sonhos e duvidas, com risos e teimosias, com fetiches e maus acordares...porque quem nos amar de verdade, ama-nos por aquilo que somos e não pela pessoa em quem nos transformamos por amor cego a alguém."

 

 

De nada vale tentar ser "diferente"

Porque nunca vais conseguir agradar

Tens de colocar isso na tua mente

Porque só assim saberás o sentido do verbo AMAR

 

 

Quem te amar verdadeiramente

Amar-te-á pelo que és

Não vai querer que sejas diferente

Só porque escolheste, não estar a seus pés.

 

 

 

 

 

Music: Maroon 5 "Won't go home without you"
publicado por fofinhatuga às 13:34
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 7 de Maio de 2008

Um dia na minha vida...palavras, sentimentos

 

Quis deixar passar as horas, os dias para que todo o misto de sentimentos que habitam no meu coração se tornassem mais transparentes, menos confusos.

Mas não consegui...apetecia-me escrever, desabafar...colocar cá para fora toda a tristeza que me envadia e me fazia sentir a maior falhada à face da terra.

Sei que estou a ser exagerada, mas sou mulher...e como mulher que sou, sensivel e sonhadora, sou também dada a alguns exageros quando o assunto é o coração.

Hoje sou eu, sem subterrefúgios nem falsas personagens que vivem histórias loucas em ambientes fantásticos.

Hoje sou eu, a Mi.

Sei que pelo facto de as coisas não terem corrido bem uma vez, não quer dizer que na próxima nada poderá ser alterado. Não quer dizer, que pelo simples facto de não ter alcançado o sonho uma vez...que da próxima, ele me tente novamente fugir.

Eu nunca desisti...e também não vai ser agora que o irei fazer.

Sempre quis ser feliz, sempre quis fazer alguém feliz...fazer alguém sorrir de verdadeira felicidade.

Tentei contigo...Falhei.

Doi...assumo.

Doi muito perder alguém que se ama com todas as forças da natureza, doi perceber que se tentou perceber tudo e nada se compreendeu...doi acima de tudo, ter o teu corpo comigo, ter-te dentro de mim e saber que não és meu...que não és verdadeiramente parte de mim.

O teu corpo faz-me suspirar de desejo, os teus beijos chamam por mim e levam-me de volta à tua cama...ao chão do teu quarto, as tuas mãos que há tanto conhecem o meu corpo percorrem-no com sensualidade e certeza de que este é o corpo que desejas tocar esta noite...nos teus olhos, que outrora vi uma paixão desenfreada, denoto agora alguma distância e uma paixão que ferve em lume brando.

Tudo mudou...nós mudamos mas não nos unimos...ao invés, ficamos separados.

Muita coisa ficou por dizer, muita ficou por sentir...muitas histórias, muitos risos, muitos acordar juntos....muitas noites e dias de amor louco e fantasias ainda por realizar, mas de algo eu sei:

Tu foste a melhor pessoa que esteve na minha vida.

Não ficamos juntos, não vivemos o sonho que gostaría de ter vivido contigo, mas olhando agora para as nossas fotos...olhando todos os dias que acordo, para o quadro que um dia me pintaste e que está pendurado numa das paredes do meu quarto, olhando para tras... sei que tudo o que vivi contigo, todos os sorrisos, todos os dias e noites em conjunto, todas as viagens, todas as situações complicadas que me fizeram sofrer, todas as palvras trocadas em momentos de discórdia, todos os beijos...todos os gestos de amor e carinho...valeram a pena.

Gosto muito de ti.

Beijinhos grandes Fofinho.

Para ti o melhor do mundo hoje e sempre.

I'm feeling: vazia
Music: "Too much love will kill you" -Queen
publicado por fofinhatuga às 11:47
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
Terça-feira, 6 de Maio de 2008

Pensamentos

Perceber que tudo acabou nunca foi fácil...

Tentamos sempre manter os olhos fechados porque a ilusão é sempre mais fácil de suportar do que a dor da perda, do que a solidão da alma e do corpo.

Porque pensar que existe, está lá...é sempre bem mais fácil.

A solidão incomoda-nos, faz-nos sofrer, faz-nos ser o que nunca desejámos ser, mas que um dia nos acabamos por tornar: seres frios, tristes e incapazes de acreditar no amor e na sinceridade das pessoas.

Tudo à nossa volta é escuro, tudo à nossa volta se confunde com a mágoa, a tristeza por ninguém estar ao nosso lado e por tudo não passar de momentos perdidos...tudo se confunde, tudo se mistura...sentimentos perdidos, vivências, palavras jogadas fora, dias e noites em profunda comunicação com o outro que no entanto não existia nem sequer perto de nós se encontrava.

Em cada raio de sol que de manha se desponta, procuramos uma nova luz...um novo amanhecer cheio de alegria e convicção de que tudo poderá mudar.

Mas nada muda...tudo permanece... mas não para todo o sempre.

 

....Até que um dia nos olhamos verdadeiramente ao espelho e nos questionamos do porquê de perdermos cada segundo, cada minuto, cada hora da nossa vida com alguém que simplesmente não quer...

Então saimos...tentamos recuperar o tempo perdido, tentamos esconder a tristeza que um dia habitou ali e que agora vai ficando cada vez mais fraca, até um dia desaparecer por completo...tentamos conhecer o mundo, conhecer as pessoas...e aí a surpresa vem...porque ao virar da esquina um novo sorriso, um novo olhar pode trazer consigo um novo milagre... 

 

I'm feeling: sinceram/...n kero nem pensar
Music: Fingertips - "Cause to love you"
publicado por fofinhatuga às 14:46
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 2 de Maio de 2008

Sinto....

 

 

 

 

Sinto-me perdida...sozinha....abandonada...

Sinto-me como se nada tivesse e por muito lutasse...

Sinto o meu coração repleto de palavras que não saem por medo do que possam pensar...

Sinto os olhos razos de água com vontade de chorar, mas que por orgulho esquecem essa vontade e olham novamente em frente em busca de novos horizontes...

Sinto...............................mas não te sinto.

É assim que me sinto de cada vez que me olho ao espelho, deitada na minha cama, e nada vejo a não ser este reflexo de menina criança

...

Porque tu foste-te embora

 

publicado por fofinhatuga às 11:07
link do post | comentar | favorito

pesquisar

 

Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Novidades

...

Deixem-me em paz...

Pensamento in "Óscar e a ...

Relacionamento...definiçã...

Seduz-me

Amor

Irrealidades

Tempo

Laços

Escondo-me

Lembranças

Junho 2013

Março 2011

Janeiro 2011

Junho 2010

Maio 2010

Março 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Agosto 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

tags

todas as tags

links

blogs SAPO

subscrever feeds